terça-feira, 10 de novembro de 2009

A REFORMA FRANCISCANA



“Vá e restaura a minha igreja que está em ruínas”.



Francisco está junto às ruínas da Igreja de São Damião. Lá está um altar quebrado e uma cruz caída com um ícone de JESUS. O ano é 1205.

De onde veio esta voz?

Qual a mensagem de Deus a Francisco?

O que esta mensagem tem a ver conosco no século XXI?

Este momento é importante para entendermos a Reforma Franciscana. Conhecemos a Reforma Luterana e agora precisamos conhecer também sobre e Reforma que ocorreu 300 anos antes.

Francisco ouviu a voz do Senhor em 1205. Neste mesmo ano começaram os conflitos com o pai. Francisco não sabe o que acontecerá com sua vida. Mas decide ser instrumento de Deus. Não entende a voz e começa a restaurar igrejas quebradas, velhas e sujas de mato e entulhos.

Depois terá um esclarecimento sobre a revelação recebida: Ele estava sendo levantado para reformar a Igreja que estava em ruínas pelo pecado, a riqueza e do poder. Foi um instrumento de anuncio e denuncia contra a própria igreja.

Francisco nasceu em 1181/82 na cidade de Assis. Itália. É Batizado com o nome de Giovanni di Pietro (pai) di Bernardone (avô). Seu nome foi mudado mais tarde para Francisco.

Em 1202 vai a guerra civil entre Perúsia e Assis.

Assis é vencida em Collestrada. Francisco, com 20 anos, passa um ano preso em Perúsia. Lá encontra com o Evangelho de JESUS Cristo traduzido para a língua vulgar. É Resgatado pelo pai e está muito fraco devido à várias doenças. Nesse tempo a família de Clara está refugiada em Perúsia. Ela tem 8 ou 9 anos de idade. Clara será a mulher do ministério de oração e adoração perpétua de Jesus. Aprenderá com Francisco a viver o Evangelho.

A doença de Francisco é longa. Este é um período de tratamento de Deus. Fica enfermo até 1204: Uma Longa doença de dois anos.

Mas seu coração ainda não foi totalmente convertido. Foi um processo apenas iniciado e parado. Em 1204 ou 1205 Francisco parte novamente para a guerra. Agora ele vai para a guerra da Apúlia, no sul.

Mas tem uma visão e recebe uma mensagem em Espoleto. Deus lhe fala em sonhos. Ele escuta uma voz:

“A quem queres servir: ao servo ou ao Senhor?”

Francisco respondeu prontamente: “Ao Senhor, é claro!”

A voz tornou: ”Por que insistes então servir ao servo?”

Francisco entende que buscava apenas a glória humana e passageira, fazendo a vontade dos homens e não a vontade do Senhor..Deus estava chamando-o para ser cavalheiro de um comandante maior e mais poderoso.

Francisco Regressa a Assis.

Começa um momento de luta. É acusado de desertor. Passa a ser uma vergonha para o pai. Reinicia sua conversão gradual.

Sem entender os desígnios de Deus, vai para a Igreja de São Damião em 1205. Enquanto mexia nos entulhos da igreja, escuta a voz do Senhor lhe dizendo: “Vá e restaura a minha igreja que está em ruínas”.


De onde veio esta voz?

A voz não veio do ícone de JESUS na cruz. A voz veio do Senhor que escolheu Francisco para uma obra extraordinária: Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes. I Coríntios 1:27


Qual a mensagem de Deus a Francisco?

Era uma mensagem de restauração e reforma da Igreja. A igreja estava em ruínas. São Damião representava o estado da Igreja que deixou o Evangelho do Senhor JESUS. Com a entrada de Constantino Magno, (313 d.C) a igreja foi se afastando do caminho da simplicidade e da fé na Palavra de Deus. A igreja começou a se envolver no pecado da política e foi devorada pela idolatria do poder. A igreja se perdeu e estava destruída, arrasada e em pedaços. Francisco estava sendo levantado para ser um instrumento de Deus e preparar a Igreja para a descoberta do Evangelho de Cristo.


O que esta mensagem tem a ver conosco no século XXI?

Como está a nossa igreja hoje? Podemos olhar para o movimento protestante. Ele tem sido uma vergonha em toda o mundo. Casamento de Gays; brigas por posições políticas; relativismo da Palavra de Deus; sincretismo religioso e ecumenismo que nega a soberania do Evangelho, a prosperidade como símbolo da fé, igrejas históricas vendendo seus templos para boates; igrejas em todo canto escandalizando o nome do Senhor. Um cristianismo frio, racional, relativista, mundano, sujo. Uma total ausência de santidade. Igreja com relacionamentos quebrados. Vidas doentes e em ruínas. Uma igreja amiga do mundo. Dominada pelo mundo. Atrapalhada pelo mundo. Igreja sem sal.

O Evangelho tem sido envergonhado todos os dias.


Deus continua falando que sua igreja está em ruínas?

Acredito que sim. Por isso que a mensagem de Francisco e seu amor incondicional pelo Evangelho de JESUS ainda agride nossos ouvidos e nos provoca. Sentimos envergonhados e longe dos projetos de Deus. Precisamos retornar a São Damião.


Rev. Edson Cortasio Sardinha

Postar um comentário